Ah! O parisiense.

Passo meu tempo a observá-lo. Quem é o melhor representante da espécime?  Charlotte Gainsbourg? Benjamin Millepied?  Arquivo artigos em torno do tema e até compro os livros que tentam definir este ser improvável.

Às vezes desconfio que ele não exista. Um simples mito ou, melhor,  uma marca.

Mas insisto. Estou pronta  à tudo. Fico mesmo vasculhando os comentários do Conexão Paris garimpando o que vocês pensam.

E aí descubro que os leitores vacilam entre amor e ódio.  Ora os parisienses são charmosos ora mal educados; muitas vezes elegantes, algumas desleixados; de vez em quando sedutores, outras ríspidos.

O parisiense possue todos estes aspectos!  tenho vontade de comentar.

Ele é aquele que você quer que seja! Atenção, se ele existir realmente.

Eu poderia ter naufragado, em 1983, no Massachusetts Institute of Technology. Hoje teria outra visão do parisiense. Mas meu barco me conduziu até a Universidade Paris Jussieu e, me voilà, parisiense de adoção enviando via Conexão Paris o meu olhar e a minha abordagem.

.

Doisneau fotografou Paris e seus habitantes com maestria. Suas fotos  dos anos 1940/1950 são famosas.

A revista InRoKuptibles de janeiro 2012 publicou a versão contemporânea da foto mais conhecida de Doisneau: “O beijo do Hotel de Ville”.

Ocorreram poucas mas profundas mudanças. A rue de Rivoli continua a mesma, o Hotel de Ville ainda está lá, as mesas e cadeiras dos cafés também.

Mas desconfio que o parisiense tenha mudado muito. Está mais cosmopolita, sua cidade deixou de ser o Bon Marché e se expandiu em direção ao Canal Saint Martin, aos parques Buttes Chaumont,  La Villette…Paris se prepara para o futuro com o ambicioso projeto de integração das zonas periféricas. Estamos já na era do Grand Paris.

E eu tenho a sorte de estar aqui na minha posição estrangeira/parisiense que permite um mergulho na sociedade sem perder o olhar curioso dos que escolheram o exílio.

Observação: não perca a exposição Simplemente Doisneau no Rio de Janeiro e a Doisneau Les Halles na Marie de Paris.


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.