Acabei de ler a notícia na mídia francesa.

Parece que Atenas interceptou cartas contendo explosivos. Uma delas era destinada ao presidente Nicolas Sarkozy. Eram três cartas, uma explodiu e duas outras foram destruidas.