Hoje começa o verão na França. Tímido, certo, apenas 18 graus. Mas a partir de quarta as coisas começam a melhorar.

Mesmo no sul da França, que tem  sempre um clima mais ameno que a capital, a chegada do verão foi desastrosa. Chuvas tropicais, mais de 24 mortos ou desaparecidos. Os historiadores retornam ao final do século XIX para encontrar índices pluviométricos similares.

Sejamos otimistas e brindemos o calor, o sol, os terraços dos cafés, os pique niques na relva, o rosé geladinho e o champagne, bien sur.