Com o projeto Velib, andar de bicicleta em Paris virou atividade cotidiana de muitos parisienses. Meio de locomoção ecológico, esportivo e lúdico. Mas é preciso conhecer as regras para retirar e para devolver as bicicletas, descritas em artigo passado. E conhecer também certos detalhes.

Pela manhã, nos bairros residenciais, os pontos do Velib se esvaziam rapidamente. Todos pegam uma bicicleta para o trajeto até o trabalho. Aqueles que se levantam tarde encontram os pontos vazios como este da foto. Esta única deve estar com pneu furado.

Em torno das 9.00h da manhã, nos bairros com grande concentração de escritórios e comércios, os pontos ficam rapidamente lotados.

E aqueles que chegam mais tarde ficam na situação das duas parisienses acima. Ou elas esperam alguém que venha alugar uma bicicleta e liberar um lugar ou vão embora procurar outros pontos com espaços livres.

Fotos de Sérgio T. Gonçalves