Foto: Sérgio T. Gonçalves

Padroeira da França, a virgem Jeanne d’Arc faz parte dos mitos nacionais por ter dirigido, no início do século XV, o exército francês em uma batalha contra as tropas inglesas. Sua imagem foi e é continuamente utilizada como veículo para mensagens religiosas, filosóficas e políticas. Desde os meados do século XX, Jeanne d’Arc foi recuperada pelo partido de extrema direita francês dirigido por Le Pen.

Todas manifestações deste partido começam ou acabam em torno desta estátua de Jeanne d’Arc situada na rue de Rivoli, entre o Museu do Louvre e o Jardim Tuileries.