Paris, 1913. Coco Chanel trabalha muito e vive uma grande paixão com Boy Capel. No teatro Champs Elysées, Igor Stravinsky apresenta o Sacre du Printemps. Coco assiste fascinada. Mas o público detesta e vaia.

Alguns anos mais tarde Boy morre e Igor se exila em Paris fugindo da revolução russa. Coco recebe Igor e sua família na sua casa em Garches. Começa, então, uma relação apaixonada entre os dois.

Um diálogo do filme:

-Você não gosta das cores? Pergunta a esposa de Igor.

-Sim, quando se trata do preto. Responde Chanel.

Diretor: Jan Kounen com Anna Mougalis e Mads Mikkelsen.