Amigos.

Os franceses conhecem bem a expressão service minimum, que quer dizer o seguinte: os sindicatos ligados ao transporte píblico não podem mais organizar uma greve que paralise totalmente ônibus e metro. Eles são obrigados , por lei, a forcerem um serviço mínimo. Os cidadãos têm o direito de ter acesso ao trabalho, ao hospital etc.

Eu estou ainda de férias e fornecendo, a vocês, um serviço mínimo. Quando passo diante de um ciber café, sinto saudades e entro para publicar um artigo e responder alguns comentários. Verdade, estou com saudades do blog e de vocês.

Tudo volta ao normal à patir do dia 5 de junho.

Pbs.: Carolina, não adianta corrigir porque os teclados não ajudam.