No Brasil nós temos Gabriela Leite, prostituta aposentada, criadora da Daspu e líder trabalhista.

Na França temos um movimento organizado com passeatas e reivindicações para que a racolage ( procura por clientes ) seja liberada. Hoje, na França, é proibida a procura ostensiva por clientes. As prostitutas trabalham em situações perigosas como ruas desertas, terrenos abandonados e bosques da cidade.

Tanto aqui ou lá,  uma longa história entre os que querem abolir a profissão, os que preferem regulamentá-la e aqueles que a consideram como uma atividade criminal.

E as interessadas, o que pensam? Por isto este movimento social que, de um lado a outro do Atlântico, torna visíveis as reivindicações das trabalhadoras do sexo.