De acordo com os jornais, uma grande parte dos assalariados do setor publico e privado deve seguir a greve do dia 29 de janeiro 2009.

Mas nada ainda está decidido. Pode ser uma grande greve e o país ficará bloqueado ou, ao contrário, uma pequena manifestação sem grandes incomodos para os cidadãos e turistas.

A mídia acredita que haverá uma forte participação da Air France, da RATP – metro e ônibus – e da SNCF – trens.