De acordo com os jornais o metrô e os ônibus vão funcionar quase normalmente.

Parece que os funcionários da Air France também não aderiram ao movimento.

Quanto aos trens não se sabe ainda.