jb.jpg

François Simon é crítico gastronômico do jornal Le Figaro. Recentemente ele fez uma pesquisa importantíssima. Pesquisou se o sanduíche feito com baguette+manteiga+presunto existia ainda. Isto pode surpreender aqueles que não conhecem bem a França. O sanduíche jambon/beurre faz parte da cultura culinária deste país. Quando bem feito ele é simplesmente delicioso. Uma bisnaga crocante, uma manteiga de primeiríssima qualidade, e muita manteiga, um presunto que só os franceses sabem fazer, tudo acompanhado por expresso bem feito é um grande momento.

Por isto me interessei pelo resultado da pesquisa e ele confirmou uma tendência que já vinha observando. Pedir hoje um jambon/beurre é pedir uma outra época. É fora de moda. Em certos cafés ou lojas as vendedoras explicam que isto não se faz mais. No lugar elas oferecem um sanduíche enrolado em celofane, com cores estranhas e preços de alta costura. Nas suas pesquisas ele achou um restaurante no centro de Paris que ainda trata com carinho esta tradição francesa, um lugar onde come-se ainda boas coisas mesmo que elas sejam do século precedente.

Trata-se do restaurante Flottes na rue Cambon. Para os que não sabem esta rua é famosa porque é o endereço da primeira loja Chanel. Ela é uma perpendicular da rue Saint Honoré e fica no ponto mais hype da cidade. No Flottes você vai achar o melhor jambon/beurre de Paris. Além do mais o ambiente do restaurante é alegre, agitado, clientela chic do bairro, mulheres na moda com seus celulares, homens de terno e garçons engraçados.

Eu tenho um pequeno conselho para você. Quando estiver passeando pela região e é obrigatório passar nesta área porque é o ponto quente da cidade, coma este sanduíche no Flottes mas peça antes das 12 ou depois das 14 horas. O problema é que o Flottes é um restaurante e acho indelicado ocupar uma mesa na hora do almoço pedindo um sanduíche.

Chez Flottes – 2 rue Cambon – 75001 Paris

www.flottes.fr

www.figaroscope.fr