26_mvg_cult_gisele.jpg

créditos: Mônica Imbuzeiro/O Globo

O seríssimo jornal Le Figaro, em uma reportagem sobre a relação dólar /euro no mercado internacional, relatou que a grande indústria Areva, fabricante de centrais nucleares, acaba de fechar um contrato com a China de 7 milhares de euros. Os chineses tem por hábito fechar negócios em dólares, mas este foi negociado em euros. Um rude golpe no status da moeda americana que perde espaço como referencia internacional. Um golpe como o do manequim brasileiro Gisele Bundchen que fechou seu último contrato em euro, no lugar do dólar.

Poderosa a Gisele. Figaro associa seu nome ao nome de uma das maiores indústrias européias…juntas atacando a credibilidade da moeda americana.

http://oglobo.globo.com

www.lefigaro.fr