Pontos turísticos, monumentos e passeios em Paris | Conexão Paris

Principais atrações nos jardins de Versailles

Principais atrações nos jardins de Versailles

Tenho uma amiga americana que veio passar dois dias em Paris e aproveitou para realizar um antigo sonho – conhecer Versailles. Nos encontramos à noite para jantar. E aí? Adorou? Sua resposta me surpreendeu. Sim, ela tinha adorado os jardins, mas tinha se decepcionado com o castelo em si. Por que? A resposta, na verdade, eu já sabia.

A grande galeria dos espelhos é algo magistral, que sempre nos surpreende. É o ápice da visita. Mas o restante, pode decepcionar. Sobretudo quando não temos um guia que é capaz de nos mostrar detalhes que muitas vezes passam despercebidos.  E, pra piorar, quase sempre dentro do castelo estamos espremidos no meio da multidão de turistas.

(Pouca gente sabe, mas o interior de Fontainebleau, o castelo habitado por mais de sete séculos pelos reis e imperadores franceses, é tão ou mais surpreendente do que Versailles e, o melhor!, vazio.)

Mas os jardins de Versailles, que ocupam 800 hectares, são tão grandiosos quanto a Galeria dos Espelhos, e são unanimidade. Visitar os jardins é um programa para o dia todo. No vídeo abaixo, apresentamos as principais atrações.

Grande parte do jardins foi concebida no século 17 pelo grande paisagista André Le Notre. Este é maior exemplo de jardim à la francesa, caracterizado pela simetria rigorosa e pela ideia de impor ordem à natureza (o contrário dos jardins à inglesa).

Essa simetria perfeita pode ser vista logo na entrada, além de suas ricas e impressionantes fontes e lindas esculturas. Ao caminhar pelo jardim, você chega aos demais edifícios que fazem parte do domínio de Versailles, locais de momentos privados.

O Grand Trianon, por exemplo, era o refúgio do Rei para fugir da vida da Corte em encontros amorosos.

A rainha também tinha seu espaço de privacidade, no que hoje chamamos de Domínio de Maria Antonieta, que inclui o palacete do pequeno Trianon e sua fazendinha (le hameau) com animais, local pra fazer o queijo etc.

Entre o Grand Trianon e o Domínio de Maria Antonieta, saímos do jardim à la francesa e entramos em um ambiente mais selvagem, o Jardim à Inglesa de Versailles, que é menos conhecido pelo público. Aqui, a natureza cresce mais solta. E, por ele, há trilhas que reservam  grandes surpresas, como o Templo do Amor, o Belvedere e até mesmo uma gruta.

No jardim à inglesa, no Domínio de Maria Antonieta, encontramos surpresas como o Templo do Amor.

No jardim à inglesa, no Domínio de Maria Antonieta, encontramos surpresas como o Templo do Amor. Foto de Beirouth no Flickr.

Ou o Belvedere e a gruta, com uma pequena cascata, refúgio da rainha.

Ou o Belvedere e a gruta, com uma pequena cascata, refúgio da rainha. Foto de Alexandre Breveglieri no Flickr

Juntos, os jardins à francesa e à inglesa pedem um dia inteiro de visita. Ao alugar um carrinho ou pegar o ônibus, você ganha tempo. Mas bom mesmo é se deixar perder pelas trilhas, sem hora marcada.

Leia também:

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.
Últimos pitacos (3/8), ver todos os comentários
  • "Oi, Lina! ADOREI "conhecer" você através dos ..."

    Etienne
  • "Lucas, eu te recomendo o nosso guia '5 Roteir ..."

    Rodrigo Lavalle
  • "Vera, o Marais é uma região mais informal e j ..."

    Rodrigo Lavalle
Deixe seu pitaco

O que fazer em Paris no verão?

por Rodrigo Lavalle Além dos programas tradicionais que todo turista tem que fazer em Paris em qualquer época do ano, no verão alguns outros se tornam obrigatórios. Veja abaixo os nossos prediletos:  Tomar sorvete: O clássico e tradicional sorvete francês Berthillon (leia aqui) cuja única loja fica na bucólica Ilha Saint Louis. Compre e vá […]

Leia mais →

O 11° arrondissement de Paris

por Rodrigo Lavalle O 11° arrondissement de Paris é o atual quartier-fetiche de certa parcela da população parisiense. Casados e solteiros na faixa dos 30 anos, com estilo de vida cool e branché, sonham em morar ali. Tal demanda já se traduziu no aumento do preço dos aluguéis e dos imóveis que já vem empurrando quem pretende […]

Leia mais →

5% de desconto no Jantar-Cruzeiro Romântico

A ParisCityVision, a principal empresa de ônibus turísticos em Paris, oferece promoções exclusivas para os leitores do Conexão Paris: 10% de desconto nas visitas ao Mont  Saint-Michel e aos castelos do Vale do Loire. Além disso, a cada início de mês, oferece 5% de desconto em determinados passeios. O desconto da vez é para um jantar-cruzeiro romântico pelo rio Sena, uma das […]

Leia mais →

Guia de Viagem: Paris com Crianças

Paris é a cidade romântica por excelência. É ainda a capital da moda e da gastronomia. É também o lugar para quem busca cultura, com suas exposições e museus imperdíveis. E Paris também é o destino perfeito para quem viaja com crianças. Pois é, poucos sabem disso! Por isso convidamos a brasileira Adélia Lundberg, autora do ótimo […]

Leia mais →
356 posts