Restaurante com vista: La Maison Blanche

Suspensa sobre os telhados do último andar do Teatro Champs Elysées, a vista da nova varanda do restaurante La Maison Blanche é maravilhosa.

Com somente quarenta lugares, esta varanda é o endereço romântico/chic de Paris.

O chefe Sylvain Ruffenach faz parte do fechado club dos bons chefes parisienses. Ele propõe, no almoço,  um menu com entrada+prato ou prato+sobremesa por 48 euros. Entrada+prato+sobremesa, 58 euros. No jantar os menus custam 69 e 110 euros. Os vinhos na taça custam entre 8 e 12 euros.

Para um restaurante situado na avenida mais chic de Paris, esta vista, pratos preparados com cuidado, um bom vinho e a conta no final em torno de 60 euros por pessoa: vale a pena não?

Reservas obrigatórias.

Horários:

. almoço – todos os dias das 12 às 14h menos sábado e domingo.

. jantar – todos os dias das 20 às 23h (sábado até às 22h).

La Maison Blanche – 15 avenue Montaigne 75008 Paris - Para reservas cliquem aqui.

 

 

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

57 pitacos, participe desta conversa

  1. Eduardo disse:

    Bom dia,

    No meu entrada + prato ou prato + sobremesa. O que significa Prato ou prato ?
    Obrigado

  2. Karoline disse:

    Alguém sabe me dizer se o terraço desse restaurante abre em março? Obrigada!!!

  3. […] bons endereços nesta área: o La Table do chef Joel Robuchon, o Flora Danica, o Fouquet’s, o Maison Blanche, o L’Avenue. No nosso guia gastronômico citamos vários […]

  4. eymard disse:

    Rosalia, adorei a historia do palito e da unha. Também ja tive oportunidade de presenciar uma “fina” senhora que alem de palitar, falava “brandindo” o palito!!!

  5. Sueli OVB disse:

    Augusto Machado,
    Essa também foi a impressão que o restaurante me passou e vamos lá conferir. Pelo menos um dos sentidos saírá de lá muito satisfeito. Mas creio que a noite vá ser perfeita.

  6. Augusto Machado disse:

    SUELI OVB,
    Muito obrigado pelas informações prestadas. Estarei com minha namorada em setembro por Paris, e com certeza irei conhecer esse restaurante. A vista é impressionante e a comida deve ser ótima também!

  7. Sueli OVB disse:

    Augusto Machado,
    Voltei com explicações mais precisas.
    O Menu Degustação deles consiste em seis pratos: o ceviche é sem escolha, depois vem a opção de duas entradas, você escolhe uma delas; depois vêm dois pratos, sem escolha e, por fim, uma carne, que você pode optar entre uma ou outra. A sobremesa também pode ser escolhida entre duas ofertadas.
    Esse restaurante é imperdível. Já vale pela vista.

  8. Sueli OVB disse:

    Augusto Machado
    O menu degustação, não só desse restaurante como de vários outros, consiste num jogo de cartas marcadas. O chef, naquele dia, te oferece uma série de pratos e você, sem escolha, terá que aceitá-los. Normalmente esse menu lhe será apresentado e você poderá elegê-lo ou não. Os restaurantes não trabalham só com menu degustação, você também pode escolher à la carte, ou optar, se assim for oferecido, por outros tipos de menu. Nem sempre o maior e mais completo poderá ser o que tem pratos de sua preferência. Em alguns menus você pode eleger entre dois ou três tipos de entrada, prato principal e sobremesa. Normalmente o menu degustação só é servido para todos os comensais de uma mesa; questão de bom funcionamento, pois ficaria estranho seu acompanhante de mesa comer um prato, enquanto você degusta 7, 8 ou mais. Alguns restaurantes também oferecem o menu degustação harmonizado com vinho e, mais uma vez, você pode optar por esse serviço ou não.
    Não vi a carta desse restaurante, mas, basicamente, é assim que funciona.

  9. Augusto Machado disse:

    gostaria de saber como é esse “menu degustação” que é oferecido no site do restaurante, ele é o mais completo? como funciona?
    Desde já agradeço pela ajuda!!

  10. […] nas coberturas dos prédios. Recentemente citamos aqui a varanda do L’Arc e do restaurante Maison Blanche. Já tínhamos citado vários outros e entre eles o Ralph’s, o Les Ombres, e o Café […]

  11. Leda disse:

    Tenho horror de restaurantes do tipo”modismo” desses que aparecem e desaparecem como num passe de mágica , fico meio desconfiada tbém daqueles que têm várias versões/filiais espalhadas por toda a cidade, fica mais parecdio com modismos , ainda, não sei porque mas me remete logo à lembrança de comida fast food, enfim….

    Pior que palitar os dentes com as unhas é colocar a mão em concha diante da boca e palitar o dentes por baixo…nossa, aí é de doer mesmo, será que se imagina que assim fica mais educadinho limpar comida dos dentes?

  12. Sandra disse:

    è de tirar o folego !!! Neste luigar qq pão com mortadela deve ser o maximo !! Imagine uma boa refeiçao e bom vinho ???? Uauuuuuuuuuu !!!

  13. Francy disse:

    Madá , foi realmente , curti de tudo um pouco, dicas da Lina e pitaqueiros,redescobri Paris.Existem aqueles lugares de sempre:Fauchon ,Laduree,Hediard, e os restos clássicos de sempre.Mas não só Paris se renova, como a gente tambám.Minha maior surpresa foi o bom humor parisiense !abs.

  14. Madá disse:

    Francy, estou adorando saber da sua viagem. Foi maravilhosa!

  15. Francy disse:

    Rosalia , imagino o que deve ter sido, este tipo de grosseria , tira o apetite de qualquer um !

  16. Beth disse:

    Jose Mauricio
    A Danuza é ótima!
    Risos.

  17. José Maurício disse:

    Segundo Danuza Leão, palitar os dentes deveria ser feito no banheiro com a porta trancada e a luz apagada…Com a unha, é impensável!!!

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.