Vanessa Bruno – como a parisiense se veste na primavera

Vanessa Bruno é uma das marcas mais representativas da parisiense. Calças batendo acima do tornozelo, tops estilosos, trench coat e vestes de meia estação.

Único detalhe difícil, as meias que “caem” perna abaixo.

Aqui o site da marca.

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

113 pitacos, participe desta conversa

  1. Luana disse:

    Ué.. mandei uma msg e ela não foi publicada. Será q teve algum problema?
    Bem, de qq forma, eu estava agradecendo pelas dicas daqui do site, e disse q já me sinto até mais aquecida.rs

    Beijos

  2. Maria das Graças disse:

    Luana, cheguei em Paris dia 05/06/2010. Peguei, portanto, o final da primavera. Um friozinho gostoso. Como eu não tinha um trech-coat e nem pretendia passar um mês ai procurando por ele, usei o meu velho blaser preto de lã bem leve, mas aconchegante. Um lenço no pescoço e uma pashimina de cor vibrante enrolada nos ombros para clarear o visual e voilà. Um dia eu estava vestida assim em um ônibus e uma madame me disse que eu estava très chic, que a minha écharpe era très jolie.

    Por baixo, uma blusa de mangas compridas.

  3. Beth disse:

    Luana
    Este link da Burberry é melhor.
    Lá vc pode encontrar os melhores trench coats de Paris.
    http://fr.burberry.com/store/

  4. Beth disse:

    Luana
    Vc não vai sentir frio na primavera parisiense se seguir umas regrinhas simples. O “trench coat” é para colocar por cima de uma suéter leve ou mesmo um blazer. É o acabamento final para não sentir frio ou se molhar… E não precisa ser de um tecido quente!
    Como bem disse a Madá, o que tem na Zara de Paris tem na Zara do Rio, é tudo feito “made em algum lugar”…
    Já se vc quiser um trench “especial” eu recomendo os da Burberry
    http://www.fashiontraveler.com/shops-burberry-france-paris.htm
    Bjs.

  5. eymard disse:

    Dodo: provoquei porque sabia que ganhariamos um belo texto sintese! E ganhamos! O comentario “cirurgico” é uma sabedoria. E nao é uma questao de “tempo”, como uma “promocao por antiguidade”. Nao! E questao de “merecimento”!
    Lina: em todas as midias e cada vez melhor.

    E, por falar em cada vez melhor, Dodo tem toda a razao: o blog do LUCAS esta cada dia melhor. Ele vem esquentando os tamborins ao retomar o ritmo dos textos diarios com observaçoes em cima do lance. Combina textos no limite da tensao com otimas cronicas “mineiras”.
    E quem segura Minas? Fim definitivo da politica do caf’e-com-leite.
    (estamos falando do blog do Lucas Figueiredo ).

  6. Luana disse:

    Hoje eu tinha decidido deixar pra comprar o trench coat lá em Paris mesmo, por causa da qualidade (em relação a proteção para o frio/chuva) que deve ser melhor nesse aspecto, do que os produzidos no Brasil. Mas, dando uma olhada no site da Zara, fiquei meio chocada. Não gostei muito dos modelos, e estou com medo de chegar em Paris e passar frio! rs. E o pior: não achar nada que me agrade, assim como aconteceu com a Maria das Graças.
    Vou dar uma olhada na Zara em Salvador (quando eu for pra lá, pq estou no interior) e ver se consigo. Se sim, vou logo comprar, já q as peças “são as mesmas”, como a Madá falou.

    Pense numa indecisão. kkkkk

    Luciana, vc é “luciana e paulo”? adicionei lá. rs. Tomara q agora seja vc.
    Já achou o sapato? Fiquei com tanta vontade do trench coat q esqueci do sapato. Vou dar uma olhada nos sites q a Lina indicou.

  7. Mara disse:

    Lina, mais que mineiridades,aprecio muito sim, gosto das indicações do Dodô, sempre preciosíssimas, dá pra divulgar o caminho do blog do Lucas? Ficarei de olho
    Abr

  8. Dodô disse:

    Lina,
    Não me encabule. Sou só um leitor assíduo e um comentarista ocasional, presente quando a disponibilidade de tempo se conjuga com a pertinência do que dizer (ou quando “la noblesse oblige”).
    Grande abraço.

    PS – Recomendo a você e a quem se interessa por “mineiridades” o post de hoje (10/02), no blog do Lucas. Se você achar apropriado, ensine a turma daqui como chegar lá.

  9. Maria disse:

    José Maurício

    Viu a opinião sobre a gente que se encontra na faixa dos 50 ! Somos chatos , gostamos das dicas ” nd mt a ver ” , enfim somos umas malas , que adoramos o CP . Huahuauhuau ! As mocinhas não gostam do blog , devemos nos mudar para um blog sobre as múmias do Egito ( sem o Mubarack ) .

  10. LUCIANA LINDOSO disse:

    Luana,

    acho que vc add a pessoa errada!! a proposito, tenho várias homonimas.
    procura pelo email: luclindoso@hotmail.com

    Ps. Lina, nao sei se poderia ter fornecido meu email aqui. Favor deletar essa mensagem, caso eu tenha cometido alguma infraçao. E desde já minhas desculpas.

    Luciana Lindoso

  11. Madá disse:

    Boa sugestão Maria das Graças! A Zara daqui tem as mesmas peças da Zara de lá. Tenho luvas ótimas da Zara compradas aqui no Rio. Eu já me decepcionei com casacos de lojas daqui do Rio, lojas que considero excelentes, mas que, infelizmente, não funcionaram na chuva nem no inverno europeu.

  12. Maria das Graças disse:

    Luana, comprei há três semanas na Zara do Shoping Leblon, no Rio, um trench coat similiar ao citado pelas colegas pitaqueiras. Gabardine com forro de algodão, com um excelente caimento, ombreiras e mangas no lugar. Custou R$259,00.
    Sou costureira e isso significa exigência nos quesitos acabamento e caimento. Experimentei alguns trench coat durante a minha temporada de um mês em Paris em junho/2010 e não consegui comprar nenhum.
    Estou feliz da vida com o meu 1º trench coat que será usada no outono provençal.

  13. Dodô disse:

    Madá,
    … e você, gentil como sempre!

    LuciaC,

    Obrigado, mesmo!

    Acho que foi justamente a passagem do tempo que me tornou uma espécie de especialista em generalidades.

    Lina,

    Esta Conexão está cada vez melhor para quem tem cabeça aberta e alguma coisa dentro dela.

  14. Madá disse:

    Lina, estive lá no twitter e fiquei impressionada com os dados de leituras e acessos ao Conexao Paris! Parabéns !

  15. LuciaC disse:

    Realmente, Dodô, você arrasa!
    Esta sua aptidão invulgar de comentar sobre qualquer que seja o assunto com precisão, bom senso, gentilesa e elegância.
    Um talento acima de qualquer perigo, que o tempo só faz aprimorar.

  16. Madá disse:

    Luana, a minha experiencia nessa época é que sempre tem um dia que chove. Muitas vezes a chuva é fina e com um chapéu de chuva e o trench coat vc nem usa o guarda-chuva.

  17. Madá disse:

    Dodô, muito bom como sempre! Embora triste, adorei o paralelo com o James Dean sobrevivido ao desatre.

  18. Luana disse:

    Madá, Beth e Luciana,

    Vou dar uma olhada nessas lojas virtuais pra ver se me agrado de algo. Mas tem uma coisa: prefiro levar daqui do BRasil mesmo do que correr o risco de passar frio lá (sou friorenta!!). Vai que eu não acho com facilidade ou que não gosto de nenhum ou tá muito caro?? Medo! rs.

    Ah, só uma coisa: Na primavera (fim de abril, início de março), será que chove???

    Luciana, te adicionei no facebook. Ou pelo menos acho que é vc! rs.

    Beijos

  19. Dodô disse:

    Eymard,

    Demorei um pouco a aceitar sua sugestão porque textos sobre quem acabou de morrer percorrem caminhos traiçoeiros. Fica fácil escorregar num lugar comum aqui, tropeçar numa tentação sentimentaloide logo adiante, derrapar numa tentativa canhestra de humor negro defensivo na curva seguinte.
    Baixada a poeira da manchete, o que posso dizer é que sei muito pouco sobre Maria Schneider como pessoa. Não ouvia falar dela há muito tempo. Já como persona cinematográfica, foi bem-sucedida demais cedo demais. O que aspirar ou esperar depois de Bertolucci, Antonioni e Marlon Brando aos vinte anos de idade? Daí para frente é como se James Dean tivesse sobrevivido ao desastre. Ser jovem é muito perigoso para quem tem talento. Corre-se o risco de passar o resto da vida aprisionado num sentimento de reprise, pois não dá para se rodar um outro filme com o título de “Juventude – O retorno”. Para quem tem poucos anos e nenhum talento, é bem mais simples: o tempo cura.

  20. jose mauricio disse:

    Quando eu era mais jovem e mais arrogante, dizia: Sei quem eu sou, o que quero e aonde vou!!! Hoje, quase aos 58 do primeiro tempo, não tenho mais essas certezas todas, mas não estou muito preocupado….

  21. LUCIANA LINDOSO disse:

    Beth,

    Vou mandar sim, uma foto cheia de amor!!!
    Quanto ao seu comentário pra Luana, foi bem lembrado, a Zara tem coisas legais por um bom preço. Já me socorri lá numa viagem, com uma inesperada baixa de temperatura.

    Luana,
    Moro em Recife, vou dar uma procurada nas lojas por aqui e se achar algo te falo. Acho que a Arezzo por ter algo que se encaixa para nós.Se vc tiver facebook me procura lá, assim poderemos trocar figurinhas.

    Beijo em todas!!
    PS. esse site virou vício pra mim, nao consigo mais abrir o micro sem dar uma passadinha aqui! adoro voces!

  22. Beth disse:

    Madá
    Eu gosto muito do Comptoir des Cotonniers!
    Quanto aos mocasins do Fiqueiredo, eu gostava por conta dos saltos altos e grossos, risos. Aliás, em Paris tem lindos modelos no gênero….

    Luana
    Em Paris, vc também encontra lindos trench coats na Zara. E por um bom preço!

    Eymard
    Dodô vai responder para vc.
    Eu pessoalmente sou a maior nostágica da década de 70 em Paris. Mais exatamente, de Paris pós-68, risos.
    Abs.

  23. eymard disse:

    Beth e Madá: eu ouvi a cronica do Jabor e tambem gostei. Me lembrei tambem dos nossos comentarios mais antigos e, um deles, foi exatamente sobre o filme. Marcou mais do que uma geraçao e uma época. Dodo ficou nos devendo a “sua” cronica.

  24. Madá disse:

    Beth, tive que voltar no tempo, mas … claro que me lembro do Figueiredo e as bolsas dele !!!

  25. Madá disse:

    Luana, sugiro vc dar uma pesquisada nas lojas pela internet. Eles tem os preços e vc pode avaliar. A vantagem de se comprar lá é a experiência deles por conta da fabricação intensiva e tecidos modernos que não pesam, que esquentam e ainda são impermeáveis de um jeito bem bonito. Vc pode ver a Uniqlo que a Lina recomenda, a Comptoir de Cotoniers, a Cotelac. A Lina fala de várias lojas legais na categoria: Compras, lojas butiques.

  26. Beth disse:

    Luana
    Para usar na primavera um trench coat de algodão é mais do que suficiente, pois vc vai usar em cima de uma suéter ou blazer.
    É só para “quebrar” o vento frio, etc.
    Os europeus do norte chamam o trench coat de “casaco de verão”…
    É o que mais se usa na primavera/verão de lá…
    Bjs.

  27. Luana disse:

    Beeeth,

    Legais suas ajudas. Muuuito legais!!
    Estou loucamente atrás de algum lugar que venda um trench coat desse material q vc falou. Só encontro de Sarja de Algodão, que eu acho que não esquenta nada. Se chover então… já era!
    Tenho medo de deixar pra comprar lá e ser infinitamente caro. Afinal, estamos falando de euro, né??

    Luciana, somos duas com o mesmo problema: noivo/marido com 1.90!! hahahaha. Salto alto é o que não pode faltar.
    Em outra viagem bati perna com bota de 6 cm (salto solto!).. A bota era super confortável, mas ainda assim me sentia um pouco cansada no fim da noite. Não quero cometer o mesmo erro e pretendo achar algum salto mais baixo ou mesmo uma sandália plataforma (apesar de eu achar feia.. :/ ).
    Mas tênis parece ser o pior de todos. rs.

    Beijos

  28. Beth disse:

    Eymard
    Eu lembrei imediatamente de Paris da década de 70.
    Até porque assisti o filme lá, logo após o lançamento, maior fila no cinema. O d’Orsay ainda era Gare e as obras para a construção da Tour Montparnasse…

    Madá
    Vou procurar a o texto do Jabor. Ele também é da “época”, risos.

  29. Madá disse:

    Eymard, eu gostei muito do texto do Arnaldo Jabor sobre a importancia do filme e do trabalho dela nesse filme. Nao sei como foi a repercussao na França.

  30. eymard disse:

    Beth: nao vi ninguem por aqui comentando sobre a morte da atriz Maria Schneider. Talvez alguem tenha feito algum comentario e eu tenha pulado. Nao sei porque me lembrei do Dodo e fiquei imaginando que comentario ele faria.

  31. Beth disse:

    Patrícia Venturini
    Mas é a pura verdade, risos
    Eu adoro usar um salto para sair à noite!
    A Luciana Lindoso tem mais é que mandar umas fotos da sua lua-de-mel…
    Bjs.

  32. Patrícia Venturini disse:

    Meninas que falam sobre saltos

    Quem não sonha em andar toda chic por Paris como se estivesse num filme? Ainda mais se for em lua-de-mel! rsrsrs

    Juliana

    Parece que o seu paraquedas não abriu…

  33. Jane disse:

    Lina e Madá
    Olhei fotos dos calçados Camper, que vocês mencionam.Tem modelos legais e parecem confortáveis.Bons calçados são fundamentais para bater pernas…Anotei o endereço para comprar em Paris, que a Lina indicou, em outro post.

  34. Beth disse:

    Madá
    Grande idéia!
    Até meus 35 anos eu também me recusava a usar saltos mais baixos do que 5cm. Usei muito mocasin de salto grosso e outras coisas no gênero… Lembra do Figueiredo da Dias Ferreira?
    Bjs.

  35. Madá disse:

    Luciana Lindoso
    Dê uma olhada no sítio da loja Camper que a Lina mencionou. Eles tem sapato com salto (3 ou 5) e muito confortáveis. Não tem a elegância de um escarpin, mas fica charmoso. Tem Camper em Sao Paulo, mas vc pode comprar la em Paris assim que vc chegar, tem varias lojas na cidade.

  36. Beth disse:

    Luciana Lindoso
    Entendo vc perfeitamente!
    Tem mais é que usar seus saltos na maior tranquilidade, especialmente em na sua lua-de-mel parisiense…
    Beijo carinhoso

  37. LUCIANA LINDOSO disse:

    Luana e Beth,

    Realmente, uma mala pra inverno é bem mais fácil de montar. Qualquer casaco, jaqueta e trench com uma boa bota de salto alto, fica lindo!
    Mas, tenis é mortal para qualquer visual, principalmente para mim, cujo marido de 1,90 está acostumado a me ver de salto até com pijamas, rsrsrs…Bem, vou dar uma pesquisada quem sabe encontro algo fechado, com salto e confortável para levar?

    um abraço
    Luciana

    PS. Juliana, voce está mais para alemã do que pra francesa! desencana e relaxa que a vida é agora!!!

  38. Daiane Girardi disse:

    Nao e critica, mas eu tenho dois amigos, um britanico e outro americano, e toda x que a gente se encontra vem a velha historia. O meu amigo britanico fala que e muito facil reconhecer americanos e brasileiros pois nos usamos tenis de ginastica, o que nos difere e a meia, americanos usa ate quase o joelho(brancas), e os brasileiro usam camisa de futebol com tenis. Eu respondo que somos feliz e descobrimos o conforto, ele reclama triste moda. Em relaçao as meias sitadas no post, no lookbook da lelis as modelos estao usando, a moda das meinhas ja chegaram aqui. Moda e de cada um.bjus a todos. Afinal viva Lady Gaga!!!

  39. Ana Paula disse:

    adoro seu blog! tenho um sobre dicas (de sp e rj) e agora estou escrevendo um post sobre os sites por onde viajo antes de qualquer viagem. o seu é um deles!
    adoro mesmo!!
    se Deus quiser em abril estarei aí!
    bjos,
    ana paula

  40. Lenna disse:

    Vera M M,
    concordo plenamente contigo!!!

  41. Lenna disse:

    Juliana,
    não tinha visto como tinham se estendido os “pitacos” nesse post. Ao meu ver, nem tu podes achar que és a dona da verdade por morar em Paris (é muita presunção!) e nem certos “pitaqueiros” devem se achar os donos do post, beirando ao esnobismo. Todos amamos Paris, todos a conhecemos um pouco e a Maria Lina sempre tem informações preciosas e exatas para nos dar. Afinal, esse blog já é conhecido e respeitado!

  42. Viviane Santana disse:

    Sou jovem e apaixonada por Paris acho que quem gosta de Paris já tem na alma um que nostalgico.

  43. Fernanda disse:

    Achei interessante o comentário da Maria, sobre o blog ter dicas para uma galera “mais velha”.
    Sou jovem e adoro ler o que a galera de mais “vivência” tem a comentar. Acredito que o CP tem dicas para todos os públicos e gostos e é isso que o torna um dos melhores blogs de viagem.

  44. jose mauricio disse:

    Paz, senhoras!!!
    Voltando ao assunto original: Que calças h-o-r-r-o-r-o-s-a-s (meu lado Jacques Leclair veio à tona), “pescando siri” como se dizia no meu tempo. E aquelas meias com sandálias de salto??? Na minha coleção, jamais!!!
    Sinceramente, essas modelos geralmente são do tipo “bandeira pirata”: Só pano e osso…

Próximos 50 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.