Paris/Bruges

POST ATUALIZADO EM MARÇO DE 2015

Parte II dos artigos escritos por Marcello Brito sobre Bruges. Estou impressionada com o número de segredos que Marcello nos revela. Leiam tudo, até o fim.

Como ir de Paris a Bruges?


De Paris, a maneira mais prática de se alcançar Bruges é de trem. Existem três possibilidades de percurso que se impõem como as melhores:

1ª opção

Da estação ferroviária parisiense Gare du Nord (Paris Nord) partem os trens de alta velocidade TGV que servem o norte da França, Holanda, Alemanha e Bélgica. O que pouca gente sabe é que segunda, terça, quarta, quinta e sábado tem um horário – na sexta e domingo dois horários – em que o percurso Paris/Bruges é feito direto, no mesmo trem, apenas com rápidas escalas em Bruxelas e Gent, mas livrando você do pequeno incômodo que é a baldeação. Essa a opção mais confortável e rápida, em apenas duas horas e meia de viagem. (nota do Conexão Paris: os dias e os horários dos trens que fazem o trajeto Paris/Bruges direto variam de acordo com a época do ano. Pesquise no site da empresa francesa de trens SNCF ou no site da empresa holandesa Thalys.)

Se o horário direto para Bruges não atender sua exigência há sempre uma segunda opção com troca de trem em Bruxelas e imensa grade de horários por dia.

2ª opção

Da Gare du Nord partem os TGVs com uma média de duas saídas por hora para Bruxelas (Bruxelles-Midi), uma viagem que dura uma hora e vinte minutos. Na estação Bruxelles-Midi faz-se baldeação para embarque num trem regional em direção a Bruges, também com uma média de duas saídas por hora. Mas atenção, deve-se sempre optar por um trem regional com designação IC, inter city, bem mais rápido. Ele faz o percurso Bruxelas/Bruges em uma hora de viagem com apenas uma parada em Gent.

Para maiores informações e horários dos trens regionais na Bélgica consulte o site da empresa belga de trens, SNCB.

Quando o trem regional deixar Bruxelas você vai reparar que progressivamente as informações em francês serão substituídas por palavras incompreensíveis em Neerlandês.  No meio da viagem a estação Bruxelas-Midi passará a ser designada como Brussel-Zuid. Bruges, Brugge e a cidade de Gand passará a se chamar Gent. Quando você estiver no coração do Flanders e saltar na estação de Bruges, nada de francês. E não insista porque ninguém te responderá. Em Bruges, quando precisar se comunicar, fale sempre em inglês, nunca em francês. Utilizar a língua de Voltaire na região é considerado ofensa.

3ª opção

Sempre digo aos meus amigos que vão a Paris e pensam em esticar em Bruges, que façam das cidades belgas a primeira ou a última parada da viagem. Por dois motivos:


Foto CDG: Francisco Assis Andrade

O primeiro é que, embora pouco lembrada por nós, existe uma moderna e prática estação de trens de alta velocidade, de nome interminável, Aeroport Paris Roissy Carles de Gaulle CDG 2 – Gare TGV, encravada no meio do terminal 2 do famoso aeroporto, ao lado da bacanérrima ala 2 E onde chegam os vôos da Air France. Dessa estação partem trens TGV que fazem ligação direta, sem escalas entre o aeroporto e a estação de Bruxelles-Midi, em uma hora e meia de viagem. O que poderia racionalizar e enxugar os custos de um roteiro de viagem que tem no Charles de Gaulle seu ponto de chegada e partida. Atenção apenas para os horários com percurso direto, pois há outros em que existe uma troca de trens em Lille.

O segundo motivo é melhor ainda! Se você for à Paris pela Air France, saiba que se um dos destinos da ida ou da volta for Bruxelas, a passagem de trem TGV é compulsória e está incluída no preço do bilhete aéreo. Explico melhor. Ao comprar uma passagem Rio/Paris/Bruxelas/Rio ou Rio/Bruxelas/Paris/Rio, o percurso direto entre o aeroporto Charles de Gaulle e Bruxelas é feito de trem na primeira classe, independente de você ter voado do Brasil na econômica ou executiva, e o mais incrível é que o preço é por volta de duzentos reais mais barato que se for comprado uma simples Rio/Paris/Rio. Inexplicável, mas real. Portanto ao pensar em ir a Bruges numa viagem à Paris, faça da cidade sua primeira ou última escala e economize um dos trechos do trem e na passagem aérea.

Maiores informações no site da Air France.

Para qualquer uma das três opções indicadas compre suas passagens de trem, ou faça apenas um orçamento, no site da companhia ferroviária francesa SNCF. É o melhor e o mais confiável dos endereços eletrônicos para esse tipo de procedimento. Suas passagens serão entregues com a máxima segurança no Brasil em incríveis cinco dias úteis. Se por algum motivo elas não chegarem, nada de desespero. É só imprimir o recibo eletrônico enviado no ato da compra para seu e-mail e com ele em mãos, retirá-las no guichê da estação de embarque com a devida antecedência.

Algumas dicas complementares devem ser levadas em consideração:

– não tente executar a compra das passagens pela versão francesa do site, pois não há nela a opção de entrega no Brasil, por isso o link indicado é a versão internacional em inglês;

– no preenchimento dos dados quando aparecer a opção Select your country, escolha sempre Brazil ou Brasil;

– para compras de passagens de trens partindo da estação Charles de Gaulle CDG 2 – Care TGV, deve-se digitar no site em inglês, Paris Roissy Charles de Gaulle Airport (CDG 2) – TGV station (FR);

– por último, saiba que se você comprar as passagens com pelo menos três meses de antecedência vai conseguir descontos excepcionais. Uma perna Paris/Bruges, na segunda classe, poderá sair então por módicos 25,00 euros.

Cliquem aqui para lerem o primeiro artigo sobre Paris/Bruges e aqui para o terceiro.

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

344 pitacos, participe desta conversa

  1. Gabriela disse:

    Oi Rodrigo, tudo bem? Estou planejando uma viagem de 15 dias pela França em Outubro, sendo Paris a maior parte dos dias. Após esses 15 dias, gostaria de ficar mais 3 na Bélgica. Comprando as passagens SP – Paris – Bruxelas – SP, mesmo ficando 15 dias na França, vale o esquema do TGV “gratuito” citado na opção 3 desse post? Muito obrigada!

  2. Kamila disse:

    Olá. Queria fazer Bruges como destino final e gostei da dica de comprar vôo da Air france. Porém, vale a pena o referido desconto, sendo o destino Bruges e não Bruxelas ? Fiquei meio confusa sendo o destino Bruges e os vôos voltando de Bruxelas. Teria que ir a Bruxelas certo? E aí acaba pagando outro trecho Bruges / Bruxelas ? Obrigada

  3. Arlete disse:

    Boa noite, adorei a dica sobre conhecer Bruges no último dia, já que vou de Air France, mas estou um pouco apreensiva por causa dos horários. Meu voo será às 23:30 limite para check in 22:30. Vcs acreditam que retornamos de Bruges no Train que chega às 21:11 existe tempo suficiente para o embarque ou fica muito encima da hora? Outra dúvida, meu terminal e 2E, qual a distância da estação do TGV?

  4. Danielle disse:

    Rodrigo,
    Seria interessante fazer o percurso Amsterdam x Bruges x Paris de carro? Estaremos em quatro pessoas e pensamos em alugar um carro em Amsterdam que pudesse ser devolvido em Paris. Você conhece alguma empresa que realize este serviço e eu possamos contratar aqui do Brasil?
    Desde já, obrigada!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Danielle, alugar carro em um país e devolver em outro fica bem caro. As empresas mais conhecidas e maiores são a Hertz, a Europcar e a Avis.
      Abraços.

  5. Adirlei disse:

    Também vale ir de carro… A viagem é muito legal… Fomos de Paris para Bruxelas e depois Bruges… Muito legal, pois dá para ir conhecendo outros lugares interessantes como Waterloo e lindos como Namur…

  6. Daniela disse:

    Olá Rodrigo,
    Comprei as passagens de trem de Bruges para Amsterdam pelo site da SNCF. Os tickets seriam entregues no Brasil, mas não chegaram em meu endereço. Em contato com o site fui orientada a comprar novos tickets e pedir depois o reembolso dos tickets comprados e não recebidos, em momento algum eles me disseram para retirar os tickets na estação de embarque. Gostaria de saber se esta sua informação de que eu posso retirar os tickets na estação de embarque com a impressão do recibo eletrônico é atualizada e quanto tempo de antecedência para essa retirada seria necessário?
    Desde já agradeço sua atenção.
    Daniela

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Daniela, imagino que pelo fato das passagens serem Bruges-Amsterdan e não Paris-Bruges, esse procedimento não possa ser feito. Como os funcionários da SNCF não te deram essa opção, o melhor é fazer é seguir as instruções deles.
      Irei alterar o artigo.
      Abraços.

  7. Artur disse:

    Opa, aqui vai mais uma dica bem barata para chegar a Bruges (funciona apenas nos finais de semana):
    Pegue o TGV para Lille. Na gare de Lille Flandres, existe um bilhete weekend que você pode fazer o trajeto de ida e volta Lille Bruges a hora que quiser (O trajeto tem que ser um TER direto ou fazer conexão em Courtrai).
    É um pouco cansativo, mas a economia vale a pena.

  8. Mayume Nakamura disse:

    Muito obrigado Rodrigo, gostaria de comprar o ticket lá mesmo pq já estou com todo o euro que vou levar em mãos e com esse aumento do euro a cada minuto não esta compensando comprar nada no cartão, a minha duvida era mesmo se dava para comprar no dia ou era só antecipadamente.

  9. Mayume Nakamura disse:

    Olá estou indo para Paris agora dia 18.03 e gostaria de passar um dia em Bruges, como faço para comprar os tickets na estação de Paris?

  10. Maria das Graças disse:

    Dagoberto, ticket de trem para Bruges voce compra na estação na hora e embarca no próximo trem. No seu caso, vindo de Paris na estação Midi de Bruxelas. Tem trem a toda hora. No final de semana a passagem é muito mais barata.

  11. Claudia Burigo disse:

    Obrigada Rodrigo pela dica.
    Já viajei 2 vezes para Paris com as dicas preciosas do Conexão. Agora contando novamente com a preciosa ajuda de vocês. Muito obrigada.

  12. Dagoberto disse:

    Olá Rodrigo,
    Estou querendo comprar uns bilhetes pelo site da SNCB mas não estou conseguindo comprar para um trem específico. Me parece que você compra o bilhete e usa em qualquer horário. É isso mesmo? Estou meio perdido,rs.
    Obrigado!

  13. Marco Aurélio disse:

    Olá Rodrigo, achei o artigo realmente bom, meus olhos brilharam, conseguir ir de Bruges a Paris sem ter que voltar a Bruxellas seria ótimo, já que vindo de Amesterdã programei uma noite em bruxelas, então iria a Bruges no dia seguinte e de lá a Paris, perfeito. Todavia, todas as simulações no site da Thalys informa: “No journey proposal corresponding to your search is available. Please modify your request”. A empresa parou de fazer Bruges?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Marco, eu simulei uma viagem Bruges-Paris para essa semana no site da Thalys (ttps://www.thalys.com/fr/fr/) e há um trem às 05:53 da manhã que é direto (tempo de viagem de 2h30m).
      Abraços.

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.