Paris/Bruges

Parte II dos artigos escritos por Marcello Brito sobre Bruges. Estou impressionada com o número de segredos que Marcello nos revela. Leiam tudo, até o fim.

Como ir de Paris a Bruges?


De Paris, a maneira mais prática de se alcançar Bruges é de trem. Existem três possibilidades de percurso que se impõem como as melhores:

1ª opção

Da estação ferroviária parisiense Gare du Nord (Paris Nord) partem os trens vermelhos de alta velocidade Thalys que servem o norte da França, Holanda, Alemanha e Bélgica. O que pouca gente sabe é que segunda, terça, quarta, quinta e sábado tem um horário – na sexta e domingo dois horários – em que o percurso Paris/Bruges é feito direto, no mesmo trem, apenas com rápidas escalas em Bruxelas e Gent, mas livrando você do pequeno incômodo que é a baldeação. Essa a opção mais confortável e rápida, em apenas duas horas e meia de viagem.

Para maiores informaçãos, rotas e timetable acesse o site do Thalys.

Se o horário direto para Bruges não atender sua exigência há sempre uma segunda opção com troca de trem em Bruxelas e imensa grade de horários por dia.

2ª opção

Da Gare du Nord partem os Thalys com uma média de duas saídas por hora para Bruxelas (Bruxelles-Midi), uma viagem que dura uma hora e vinte minutos. Na estação Bruxelles-Midi faz-se baldeação para embarque num trem regional em direção a Bruges, também com uma média de duas saídas por hora.  Mas atenção, deve-se sempre optar por um trem regional com designação IC, inter city, bem mais rápido. Ele faz o percurso Bruxelas/Bruges em uma hora de viagem com apenas uma parada em Gent.

Para maiores informações e horários dos trens regionais na Bélgica consulte o site da empresa belga de trens, SNCB.

Quando o trem regional deixar Bruxelas você vai reparar que progressivamente as informações em francês serão substituídas por palavras incompreensíveis em Neerlandês.  No meio da viagem a estação Bruxelas-Midi passará a ser designada como Brussel-Zuid. Bruges, Brugge e a cidade de Gand passará a se chamar Gent. Quando você estiver no coração do Flanders e saltar na estação de Bruges, nada de francês. E não insista porque ninguém te responderá. Em Bruges, quando precisar se comunicar, fale sempre em inglês, nunca em francês. Utilizar a língua de Voltaire na região é considerado ofensa.

3ª opção

Sempre digo aos meus amigos que vão a Paris e pensam em esticar em Bruges, que façam das cidades belgas a primeira ou a última parada da viagem. Por dois motivos:


Foto CDG: Francisco Assis Andrade

O primeiro é que, embora pouco lembrada por nós, existe uma moderna e prática estação de trens de alta velocidade, de nome internimável, Aeroport Paris Roissy Carles de Gaulle CDG 2 – Gare TGV, encravada no meio do terminal 2 do famoso aeroporto, ao lado da bacanérrima ala 2 E onde chegam os vôos da Air France. Dessa estação partem trens TGV que fazem ligação direta, sem escalas entre o aeroporto e a estação de Bruxelles-Midi, em uma hora e meia de viagem. O que poderia racionalizar e enxugar os custos de um roteiro de viagem que tem no Charles de Gaulle seu ponto de chegada e partida. Atenção apenas para os horários com percurso direto, pois há outros em que existe uma troca de trens em Lille.

O segundo motivo é melhor ainda! Se você for à Paris pela Air France, saiba que se um dos destinos da ida ou da volta for Bruxelas, a passagem de trem TGV é compulsória e está incluída no preço do bilhete aéreo. Explico melhor. Ao comprar uma passagem Rio/Paris/Bruxelas/Rio ou Rio/Bruxelas/Paris/Rio, o percurso direto entre o aeroporto Charles de Gaulle e Bruxelas é feito de trem na primeira classe, independente de você ter voado do Brasil na econômica ou executiva, e o mais incrível é que o preço é por volta de duzentos reais mais barato que se for comprado uma simples Rio/Paris/Rio. Inexplicável, mas real. Portanto ao pensar em ir a Bruges numa viagem à Paris, faça da cidade sua primeira ou última escala e economize um dos trechos do trem e na passagem aérea.

Maiores informações no site da Air France.

Para qualquer uma das três opções indicadas compre suas passagens de trem, ou faça apenas um orçamento, no site da companhia ferroviária francesa SNCF. É o melhor e o mais confiável dos endereços eletrônicos para esse tipo de procedimento. Suas passagens serão entregues com a máxima segurança no Brasil em incríveis cinco dias úteis. Se por algum motivo elas não chegarem, nada de desespero. É só imprimir o recibo eletrônico enviado no ato da compra para seu e-mail e com ele em mãos, retirá-las no guichê da estação de embarque com a devida antecedência.

Algumas dicas complementares devem ser levadas em consideração:

- não tente executar a compra das passagens pela versão francesa do site, pois não há nela a opção de entrega no Brasil, por isso o link indicado é a versão internacional em inglês;

- no preenchimento dos dados quando aparecer a opção Select your country, escolha sempre Brazil ou Brasil;

- para compras de passagens de trens partindo da estação Charles de Gaulle CDG 2 – Care TGV, deve-se digitar no site em inglês, Paris Roissy Charles de Gaulle Airport (CDG 2) – TGV station (FR);

- por último, saiba que se você comprar as passagens com pelo menos três meses de antecedência vai conseguir descontos excepcionais. Uma perna Paris/Bruges, na segunda classe, poderá sair então por módicos 25,00 euros.

Cliquem aqui para lerem o primeiro artigo sobre Paris/Bruges e aqui para o terceiro.

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

320 pitacos, participe desta conversa

  1. Sandra disse:

    Olá Rodrigo,
    Vamos fazer nossa primeira viagem a Paris e o CP tem nos ajudado muito.Obrigada!
    Queremos dia 30/03 passar um dia em Bruxelas, mas hj não conseguimos comprar Paris / Bruxelas.
    Que estamos fazendo de errrado?
    Escrevemos Bruxelas Midi e nada…
    Aguardo resposta

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Sandra, se vocês estão pesquisando no site francês escreva Bruxelles se você está pesquisando no site em inglês escreva Brussels.
      Abraços.

  2. Nilton Montemor disse:

    Rodrigo bom dia. Seguindo suas dicas optamos por fazer tour de um dia por Bruges. Passagens estão nas mãos para 27/12. Alguma outra dica especial ao sair da estação e para o dia. Chegaremos as 10:30 com retorno as 18:00. Agradecemos a atenção e parabéns pelo site

  3. Renata disse:

    oi Rodrigo
    uma dúvida: a viagem Paris – Bruges so tem mesmo uma opção de horários que é as 18h. Queria sair de Paris pela manhã (bem cedo), no dia 29 de janeiro mas pela Thalys o único horário disponível é as 18h.
    se puder me dar uma sugestão ficarei grata ;)
    Abraços

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Renata, a venda de passagens dos trens para esse dia ainda não foram abertas. Pela minha pesquisa atual elas só abrirão com 1 mês de antecedência. Existem trens saindo de Paris para Bruges a toda hora e até vários trens por hora.
      Abraços.

  4. Thaise disse:

    Ah, só pra deixar registrado aqui: comentei com meu marido como é “barato” viajar de trem pela Europa. Paguei 220 euros no trecho ida + volta para duas pessoas, sendo que ainda na ida, vamos de 1st class e na volta de 2st class. Certamente, se fôssemos viajar do Rio para o Nordeste, gastaríamos muito mais do que isso em um vôo doméstico sem o mínimo de “surpresas” boas, como uma viagem de trem para um outro país =)

  5. Thaise disse:

    Rodrigo,
    Mandei e-mail para eles explicando a situação e, em 5 minutos após o envio, os meus tickets já estavam no meu e-mail. Como são ágeis! Só queria deixar registrado aqui, para os leitores e futuros compradores de tickets pelo site da SNFC, colocarem seu e-mail como ele é exatamente, com terminação “.com.br” e não “.com” como sugere o artigo. Após a mudança de e-mail diretamente com a empresa, recebi meus tickets prontamente e já estou contando os dias para a minha viagem pra Brugges.
    Obrigada pela ajuda e dicas, Rodrigo! =D

  6. Thaise disse:

    Eu já tentei em todas as opções do site, Rodrigo. Mas todas elas pedem o endereço de e-mail da compra, que foi o “.com”. Se eu coloco “.com.br”, ele não reconhece e não me deixa seguir adiante. Eu até estranhei pq, logo depois, consegui comprar direitinho os ingressos da Disney usando meu e-mail “.com.br” e chegou tudo certinho no meu e-mail logo em seguida a compra. Vou mandar um e-mail pra eles pra ver se me ajudam. Liguei para o cartão e a compra foi efetuada sim :(
    Obrigada pela ajuda! Abraços.

  7. Thaise disse:

    Olá Rodrigo,
    Será que vc poderia me ajudar? Fiz a compra das minhas passagens de Paris para Bruges e fiz como vc disse em relação ao e-mail, não coloquei a terminação “.com.br” e sim “.com”. Só que eu não recebi nenhum e-mail de confirmação no meu e-mail e não consigo imprimir meus tickets, nem pelo site pq eles pedem o número da compra, que deveria chegar no e-mail. Não sei o que fazer =/
    Abraços.

  8. Daniella disse:

    Bom dia Rodrigo! Em janeiro estarei em Paris na Região de Serris e iremos de trem para Bruxelas, Bruges e Amsterdan, ficarei dois dias em cada cidade. Qual seria a melhor estação de trem para embarcarmos e a melhor forma de economizarmos ?
    Obrigada!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Daniella, existe uma cidade próxima à Paris chamada Serris, seria nela que vocês ficarão hospedados. Os trens para Bruxelas, Bruges e Amsterdã saem de Paris da Gare du Nord. Qual é o seu roteiro? A melhor forma de economizar é comprar as passagens com antecedência. Pesquise horários e preços e compre as passagens nesse site: http://www.voyages-sncf.com/.
      Abraços.

  9. Katia disse:

    Olá Rodrigo, gostaria de saber se é fácil pegar transporte público de Bruxelas para Ghent e Bruges ou se é necessário comprar as passagens com antecedência.
    Obrigada.

  10. Romulo Leonardo disse:

    Olá Rodrigo,

    Por gentileza, poderias me informar se no período de Dezembro, próximo ao Natal, consigo trafegar de carro entre (Paris x Zurich) passando pela Alsácia e suas pequenas cidades com facilidade?

    Estaremos de Lua de Mel, na Europa. Adquirir junto à KLM uma passagem RJ 16/12 x Paris 26/12 x Bruxelas 03/01 x RJ.
    Inicialmente queríamos ficar somente em Paris x Bruxelas tendo +/- 10 dias para cada região e suas localidades internas.
    Mas a patroa decidiu encontrar uma amiga na Suíça no dia 24/12 famoso Natal!!!!!
    Como estaríamos de carro, pensei em reduzir minha permanência em Paris, saindo pela manhã do dia 22/12 e chegando no final do dia dirigindo com calma e tranquilidade. Como ambos podem dirigir estaremos alternando bem no percurso de 5:30 de duração.
    Grato e forte abraço.
    Romulo

  11. Rodrigo Lavalle disse:

    Sandra, o Eurostar com destino à Londres sai de Bruxelas.
    Abraços.

Próximos 20 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.