Os segredos de Montparnasse em Paris(7): o mito do La Coupole.

La Coupole é um dos restaurantes mais conhecidos de Paris. Inaugurado com grande pompa em1927 com mosaicos de inspiração cubista, madeiras nobres, pinturas decorativas nas paredes e colunas. Durante anos o restaurante foi o centro da vida artística e intelectual da cidade.

Quando entrarem neste restaurante pensem em Picasso, Man Ray, Cartier- Bresson, Buñuel, Henry Miller, Anais Nin, Hemingway, Giacometti, Sartre, Gainsbourg, Jane Birkin. Da inauguração até hoje, 80 anos de espetáculo e de personalidades desfilando.

80 anos que o tradicional curry de cordeiro é servido por um garçon em vestimentas tamoul, elaborado de acordo com receita clássica.

180 pessoas trabalham na brasserie, cada coluna mede 5 metros de altura, 950 pratos são servidos diariamente e 100 toneladas de ostras são consumidas em um ano.

Preços: entrada de 9 à 20 euros, prato principal de 20 à 40 euros. Um prato vegetariano por 17 euros.

O restaurante oferece dois menus que são mais baratos. O primeiro com uma entrada, um prato e sobremesa por 31 euros e o segundo com entrada e prato principal ou prato principal e sobremesa por 24 euros. Você pode pedir estes menus todos os dias de 11.30 às 18 horas e depois de 23 horas, menos no domingo no almoço e nos dias feriados. Entre as entradas dos menus, foie gras, ostras, salada. Pratos principais, truta, veado, salmão fresco e filé.

La Coupole – 102 boulevard Montparnasse – 75015 – metro Montparnasse Bienvenue ou Vavin.

Quando estava dando sugestões para o reveillon 2007 escrevi um pequeno artigo sobre o La Coupole.

Para reservar uma mesa ou obter informações complementares: www.flobrasseries.com

Leiam o oitavo e último artigo sobre Montparnasse.

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

34 pitacos, participe desta conversa

  1. Fernanda disse:

    Ola, ficarei em hotel em Montparnasse. Tenho lido muito sobre translados e servicos de taxi. Sao muitas empresas e grandes diferencas de precos… Tenho pensado seriamente em pegar um taxi no aeroporto. Isso é seguro?

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Fernanda, super seguro. Pegue a fila “Taxis Parisiens”. Não aceite ofertas de pessoas que ficam oferecendo serviços de táxi no saguão e na saída dos aeroportos. O valor médio da corrida de táxi CDG-Paris é 55€ e Orly-Paris é 40€.
      Abraços.

  2. Jorge Poa disse:

    Estivemos nesse restaurante em janeiro deste ano. Foi o único para o qual fizemos reserva ainda quando estávamos no Brasil. Os outros a que fomos eram melhores. Vale pela mítica do lugar, mas o preço é caro e a qualidade, no máximo razoável.

  3. Eloir Fernando disse:

    Olá, passaremos o reveillon em Paris. Gostaríamos de jantar em um lugar bacana e não tão caro. O restaurante do Montparnasse é bom? ou há outro para sugerir para esta data importante e se é necessário reservar desde o Brasil.
    att.

  4. Tiago disse:

    Cara Lina, estaremos em maio em Paris e, além do La Coupole, fizemos reserva no Le Procope e no Resto L’AOC, no QL. Você os conhece?

    • Lina disse:

      Tiago
      Conheço o La Coupole e gosto. Conheço o Le Procope e não gosto. Ficou turista demais. E não conheço o L’AOC.
      Gosto mesmo do Le Dôme, logo após o La Coupole.

  5. Beth disse:

    Lilian
    Montparnasse é uma região tranquila. De lá vc pode ir a pé até St Germain, Quartier Latin, Sena e as Ilhas. Ou mais longe ainda, depende de sua disposição…

  6. Lilian disse:

    Estou um pouco preocupada, pois vou à Paris em agosto e vou me hospedar em Montparnasse. Vou chegar à noite, tem perigo pegar o metro para o novotel? É um bairro bom? Quais passeios próximos, que posso fazer à pé? Obrigada

  7. Beth disse:

    Andrea
    Peça para o portaria do seu hotel fazer a reserva!
    Comigo sempre funciona bem…
    Abs.

  8. Andrea disse:

    Oi Lina. Obrigada

    Eu já fiz a reserva . Eles me responderam que não tem o horário escolhido. Estou tentando um horário mais tarde ou entao vou tentar outro dia.

  9. Andrea disse:

    Lina, estarei chegando num sábado pela manhã e estou pensando em deixar para ir ao La Coupole a noite, neste mesmo dia para abrir a nossa viagem com chave de ouro. É necessario que eu reserve daqui do Brasil ou no sábado quando chegar ou eu posso chegar lá e serei atendida. Se for para reserva daqui basta entrar no site e fazer a reserva ? É fácil. Não falo francês, só inglês mas não fluente. Grata. Andrea

  10. Meu comentário sobre este restaurante, resume-se em duas palavras:
    Diferente e sensacional.
    Este restaurante oferece as melhores ostras de Paris.

  11. […] de boeuf na Brasserie Au General La Fayette, 52 rue La Fayette, 75009 Paris. O do restaurante La Coupole também é […]

  12. Alda disse:

    Olá,
    E vou com meu marido para Paris em maio, estou super anciosa, mas infelizmente eu não falo inglês, meu marido fala. Ele vai em um congresso e nos dias que ele estiver no congresso vou ficar sozinha, estou um cpouco preocupada. Vou ficar em montparnasse.
    Gostaria de dicas para compras de perfumes, oculos e outros. vamos ficar 7 dias.
    um abraço
    Alda

    • conexaoparis disse:

      Alda
      Fique tranquila. Montparnasse é um bairro agradável e Paris não é violenta.
      Entre na categoria Cosméticos e perfumes do blog. Veja a loja que indico, cuja gerente se chama Regina e é brasileira.
      Esta loja está perto das Galerias Lafayette.

  13. Thais disse:

    Oi Lina,
    Eu vou com o marido para Paris pela segunda vez e vamos ficar no mesmo hotel, ao lado do La Coupole. Nós adoramos o restaurante e a vizinhança, que é um pouco mais local e não tão turística. Eu queria te perguntar se a Fundação Cartier-Bresson é bacana de visitar, se tem várias fotos tiradas por ele ou se são mais objetos e fotos de outros artistas.
    obrigada,
    Thais

    • conexaoparis disse:

      Thais
      A fundação programa sempre exposições de outros artistas. Às vezes o espaço é ocupado pelas outras exposições. Mas de todas as maneiras vale a pena visitá-la.

  14. Beth disse:

    Sonia
    Conheci o La Coupole quando era solteira,
    Voltei lá casada, depois com filha e este ano levei minha neta para conhecer a casa, que só melhorou ao longo dos anos e restaurações..
    Minha neta (e filha) se encantaram com o “indiano”, risos.
    Abs.

Próximos 14 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.